Dica de Redação

Como tirei nota 10 em uma prova de Redação da Consultec

Ena Lélis
Escrito por Ena Lélis em 10 de novembro de 2016
Como tirei nota 10 em uma prova de Redação da Consultec
Aprenda a escrever uma Redação Nota Dez

Receba nosso conteúdo em seu e-mail:

Como tenho muitos alunos que se preparam para as provas da Consultec, decidi testar/reforçar meus conhecimentos nessa banca. Assim, me inscrevi em um processo seletivo e pude ter contato também com todos os elementos enfrentados por você, concurseiro/vestibulando: tempo limitado, ansiedade, tema surpresa, raciocínio rápido. No meu caso, acrescento um agravante: pouco tempo de sono, visto que, na noite anterior, havia sido a minha festa de aniversário. Tive menos de 4h de sono. Neste post, você encontra o texto escrito por mim no dia da prova (fiquei até o final para levar o rascunho para casa), bem como a minha pontuação e a análise da estrutura do texto dissertativo, e descobre como tirar nota 10 em uma prova de Redação. 🙂

PROPOSTA

INSTRUÇÕES:

  • Leia, com atenção, o tema proposto e elabore a sua Redação, contendo entre 20 (vinte) e 30 (trinta) linhas, mas não ultrapasse os limites da Folha de Redação.
  • Escreva a sua Redação no espaço reservado ao rascunho e transcreva seu texto na Folha de Redação, usando caneta de tinta azul ou preta.
  • Se desejar, coloque um título para a sua Redação, o que não deve ser incluído na contagem de linhas do texto.
  • Não utilize letra de forma ou de imprensa.
  • Assinale a sua Folha de Redação apenas no local reservado no cabeçalho.

Será anulada a Redação
– redigida fora do tema proposto;
– apresentada em forma de verso;
– escrita a lápis, de forma ilegível, ou não articulada verbalmente;
– redigida em folha que não seja a de Redação;
– pré-fabricada, ou seja, que utilize texto padronizado, comum a vários candidatos.

TEMA DA REDAÇÃO

Texto I

Como previa Herbert McLuhan, na década de 60, o planeta tornou-se a nossa sala de aula e o nosso endereço. O ciberespaço rompeu com a ideia de tempo próprio para a aprendizagem. O espaço de aprendizagem é aqui, em qualquer lugar; o tempo de aprender é hoje e sempre. Hoje vale tudo para aprender. Isso vai além da reciclagem e da atualização de conhecimentos e muito mais além da assimilação de conhecimentos. A sociedade em rede é uma sociedade de múltiplas oportunidades de aprendizagem.

Disponível em: <http://www.fpce.up.pt/ciie/revistaesc/ESC23/23-Moacir.pdf>

Texto II

Prova de Redação Consultec

A partir das informações apresentadas nos textos I e II e com base nos efeitos da globalização, construa um texto dissertativo-argumentativo, analisando como a “sociedade em rede” poderá criar “múltiplas oportunidades de aprendizagem” na sociedade contemporânea.

Análise das instruções da prova

Para não ser repetitiva no que já tratamos aqui no blog, apenas indicarei os links sobre cada aspecto que merece ser esclarecido.

  1. Os “limites da Folha de Redação” são as linhas. Nada de ultrapassá-las, nem à esquerda nem à direita.
  2. Escrevemos estes posts para tratar do título. Sobre a proposta em questão, o título era opcional.
  3. Algumas pessoas têm dúvida sobre o que é a letra de imprensa. Falamos disso aqui.
  4. A respeito da ilegibilidade, veja este post. Se você está esteticamente insatisfeito(a) com a sua letra, nunca é tarde para fazer caligrafia. Passa em uma papelaria e compra uma. Coisa mais que simples (e barata)!
  5. A respeito da redação pré-fabricada, aí se está falando sobre copiar trechos do texto de apoio ou usar citações enooooormes. Repare que a conclusão que fiz em meu texto (abaixo), eu citei o educador Hebert McLuhan, que aparecia no texto de apoio I. Utilizei apenas o nome e, com minhas palavras, arrematei com as ideias dele, postas de modo curto e indireto. Então, isso não se configura pré-fabricação, ok?

Vamos ao rascunho

Como tirar nota 10 em uma prova de Redação

No rascunho acima, quero que observe o seguinte:

  • as anotações que fiz na parte superior direita é o que eu chamo de “esqueleto” e sobre o qual já tratei aqui no blog;
  • as anotações que fiz na parte inferior esquerda (“terapia, consulta…”) são parte do “brainstorm”, que é o que ocorre antes do esqueleto e sobre o qual eu também já escrevi umas palavras. Tais anotações guiaram meus pensamentos, mesmo não entrando como exemplos no texto;
  • o que está escrito de caneta (mais acima, no rascunho completo) se refere ao momento em que fiz a revisão do meu próprio texto, após finalizar o rascunho. Notei que eu havia repetido “cada vez mais” e alterei um dos termos por “cada dia mais”. E para não repetir 3 vezes o “vem” + verbo no gerúndio, alterei o segundo deles por “ganha crescente” em vez de “vem ganhando”. Ah! E coloquei o circunflexo de plural, em “vêm sendo”, que eu havia esquecido. Sobre isto, estude o plural dos verbos TER, VER, VIR, LER etc.

Finalizada a análise do rascunho da redação, vamos ao texto passado a limpo e, agora, comentado.

Redação pronta

Eis meu texto:

Ao longo dos últimos 25 anos, o acesso às tecnologias digitais tornou-se cada vez mais possível e facilitado. Dada essa facilitação, novos recursos vêm sendo criados para atender, sobretudo, às necessidades de usuários cada dia mais conectados em rede. Nesse caminho, o setor educacional ganha crescente destaque.

As plataformas digitais voltadas à aprendizagem vêm revolucionando a educação no mundo inteiro e simplificando a vida de muitas pessoas. Ao apresentar acesso simplificado e atemporal, a educação online minimiza adversidades como distâncias e rotinas atribuladas. Quando se trata de recursos pagos, como videoaulas e “e-books”, os chamados “produtos digitais”, a aprendizagem em rede supre também limitações financeiras, por ser menos onerosa a quem a disponibiliza.

A consequência de toda essa facilidade é percebida na maior independência intelectual das sociedades, que reverbera em instrumentalização e empoderamento pessoal e profissional. Exemplo disso é o crescimento latente de graduandos em nível superior que hoje possuem um diploma porque puderam estudar via internet. Além disso, cresce também o número de microempreendedores que vivem de um negócio aprendido em rede.

Vê-se uma sociedade contemporânea mais rica em conhecimentos oportunizados pelos recursos digitais e pela interação em rede. Vê-se, portanto, uma sociedade que vive, como previa Hebert McLuhan, em uma grande sala de aula.

Análise da redação pronta (ou como tirar nota 10 em uma prova de Redação)

Antes de tudo, quero que você leia este post, no qual falamos sobre a dinâmica vitrine-loja. Feito isso, entenderá que a introdução do seu texto é como a vitrine de uma loja: ali está contido o resumo do que se encontra no interior do estabelecimento, ou seja, nos parágrafos de desenvolvimento da sua dissertação. Então, repare que, em minha “vitrine”, eu comecei falando do acesso facilitado às tecnologias digitais. Em seguida, disse que essa facilitação gera novos recursos para atender às necessidades de quem usa a internet. E apresentei o tema: o setor educacional ganhando destaque por conta das tecnologias digitais.

Como eu defendi a ideia do acesso facilitado e que isso tem trazido benesses à educação, que vem crescendo na internet, é isso que o leitor deseja encontrar no interior da minha loja, ou seja, em meu desenvolvimento. Logo, no D1, defendi as vantagens da educação online: o acesso simplificado, e que pode ocorrer a qualquer momento, minimiza problemas enfrentados por muitas pessoas: longas distâncias da sala de aula e falta de tempo. Quanto à questão financeira, aulas e materiais online pagos são mais baratos que os presenciais/físicos, porque o processo de disponibilização na rede é menos custoso para quem trabalha com tais recursos. No D2, trago as consequências de toda essa facilitação: independência intelectual, empoderamento pessoal e profissional. E, como estratégia argumentativa, aponto um exemplo: o aumento de graduados em nível superior e de microempreendedores.

Por fim, encerro com uma conclusão do tipo “resumo”, tendo em vista que o tema não traz um problema; logo, não preciso propor soluções. Em meu resumo, falo de uma sociedade rica em conhecimentos oportunizados pela educação em rede e aproveito para ratificar meus argumentos com a ideia de Hebert McLuhan, exposta no texto de apoio I.

A redação teve nota 10,0 pela Consultec. E, embora tenha sido analisada por esta banca, o modo de escrita cabe perfeitamente a qualquer outra banca que exija o texto dissertativo-argumentativo como tipologia da prova discursiva.

Como tirar nota 10 em uma prova de Redação

Espero que esta postagem tenha contribuído com os seus estudos de Redação.

Grande abraço,
Ena Lélis

Olá!

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 Replies to “Como tirei nota 10 em uma prova de Redação da Consultec”

Bruno Michel de Jesus Oliveira

Parabéns professora Ena Lélis, a senhora é a melhor professora de redação da Bahia e umas das melhores do norte nordeste !

Bruno Michel de Jesus Oliveira

Parabéns professora Ena Lélis, a senhora é a melhor professora de redação da Bahia e umas das melhores do norte nordeste !

Ena Lélis

Que maravilha ler seu comentário, Bruno! 😀
Muito obrigada pelas palavras!

Ena Lélis

Que maravilha ler seu comentário, Bruno! 😀
Muito obrigada pelas palavras!

Esdras Britto

Texto simples sem nenhum vocábulo rebuscado, objetivo e fluído. Não há necessidade de ler mais de uma vez para poder compreendê-lo. Espero um dia conseguir escrever assim. Ótimo texto professora!!!

Esdras Britto

Texto simples sem nenhum vocábulo rebuscado, objetivo e fluído. Não há necessidade de ler mais de uma vez para poder compreendê-lo. Espero um dia conseguir escrever assim. Ótimo texto professora!!!

Ena Lélis

Esdras, muito obrigada! E obrigada pela visita no blog. 🙂
Grande abraço em você!

Ena Lélis

Esdras, muito obrigada! E obrigada pela visita no blog. 🙂
Grande abraço em você!

tiago

professora felicito a senhora por se dispor em ajudar muitas pessoa através do seu blog. eu tenho um questionamento, em relação a fazer antes no meio ou depois a redação. qual seria a opinião da senhora nesse caso.

tiago

professora felicito a senhora por se dispor em ajudar muitas pessoa através do seu blog. eu tenho um questionamento, em relação a fazer antes no meio ou depois a redação. qual seria a opinião da senhora nesse caso.

Ena Lélis

Oi, Tiago! Muito obrigada pelo carinho!
Sempre antes! Falamos sobre isso aqui no blog.
Busque na pesquisa “antes ou depois” e verá o post sobre isso.
Qualquer dúvida, escreva ao nosso e-mail, tá bom?
Um abraço!

Ena Lélis

Oi, Tiago! Muito obrigada pelo carinho!
Sempre antes! Falamos sobre isso aqui no blog.
Busque na pesquisa “antes ou depois” e verá o post sobre isso.
Qualquer dúvida, escreva ao nosso e-mail, tá bom?
Um abraço!

Fabio

A senhora tem e-mail que possa encaminhar uma demanda minha da consultec?

Obrigado

Fabio

A senhora tem e-mail que possa encaminhar uma demanda minha da consultec?

Obrigado