Tema de Redação

ATUALIDADES | As consequências da biopirataria no Brasil

Equipe RND
Escrito por Equipe RND em 7 de julho de 2020
ATUALIDADES | As consequências da biopirataria no Brasil
Aprenda a escrever uma Redação Nota Dez

Receba nosso conteúdo em seu e-mail:

A partir da leitura e reflexão sobre os textos de apoio abaixo, escreva um texto dissertativo-argumentativo no qual você discorra sobre o seguinte tema: As consequências da biopirataria no Brasil. Caso julgue necessário, busque leituras adicionais.

Não deixe de fazer o seu brainstorm -> esqueleto -> rascunho.

TEXTOS DE APOIO

Texto 1

Historicamente, o uso dos recursos e conhecimentos genéticos e dos conhecimentos tradicionais associados tem ocorrido de forma injusta. Os países de origem dos recursos genéticos e as comunidades indígenas e locais, detentoras de conhecimentos tradicionais associados, sequer têm sido consultados pelos que se utilizam desses recursos para obter ganhos econômicos com produtos comerciais, quanto mais recebido qualquer tipo de benefício. Esta apropriação injusta, muitas vezes agravada pelo uso das patentes, corresponde a biopirataria, e tem ocorrido ao longo de toda a história do Brasil.

Fonte: Ministério do Meio Ambiente

Texto 2

A exploração ilegal dos recursos naturais e do conhecimento tradicional gera grandes prejuízos para um país, tanto econômicos quanto ambientais. No que diz respeito à economia, o país é prejudicado porque a comercialização dos produtos gera lucros que não são repartidos de forma justa para o país detentor do recurso e para as comunidades tradicionais.

A biopirataria também causa danos ao meio ambiente, pois coloca em risco a biodiversidade de uma área. Ao explorar fortemente uma espécie, sua população diminui e, consequentemente, elevam-se os riscos de extinção. [Leia o texto completo]

Fonte: Exato Educacional

Texto 3

Governo brasileiro fecha o cerco contra a biopirataria na Amazônia | Canal: Domingo Espetacular

Texto 4

Biopirataria | Canal: TV Brasil / Caminhos da Reportagem

Texto 5

A legislação brasileira é totalmente desconectada com a necessidade de proteger toda a riqueza da Amazônia. Falta, além da legislação, uma política de ocupação do território. Não se trata de uma política de ocupação meramente exploratória ou que descaracterize o bioma, mas de preservação do ambiente e exploração sustentável.

Por mais que essa riqueza seja incalculável, a falta de políticas de Estado e a biopirataria na Amazônia acarretam um prejuízo enorme para o País. As consequências da biopirataria são mais sentidas no terreno econômico, uma vez que empresas de outros países não só se valem do contrabando, mas patenteiam produtos nativos. Assim, o País deixa de arrecadar verdadeira fortuna com royalties sobre a matéria-prima nativa.

Por ser uma região gigantesca e sem política de ocupação, a fiscalização é insuficiente e as práticas ilegais são um problema crônico. O maior problema, além da própria questão da segurança nacional, é o que o País perde deixando de ocupar economicamente áreas riquíssimas, que poderiam levar desenvolvimento e bem-estar às populações nacionais. [Leia o texto completo]

Fonte: FragMaq

Texto 6

Os povos indígenas, por exemplo, sofrem constantemente com a desregulamentação, pois muitas empresas estrangeiras tentam monopolizar e comercializar o conhecimento que eles adquiriram através das gerações. Essa acaba por ser uma questão muito séria, que não envolve só o financeiro, como também mexe com a identidade de um povo. [Leia o texto completo]

Fonte: Impacto Ambiental UNESP

Boa produção!

Um abraço,
Equipe Redação Nota Dez

Foto: Agência de Notícias do Acre

Olá!

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *