Dica de Redação

Como planejar a sua redação

Ena Lélis
Escrito por Ena Lélis em 5 de janeiro de 2018
Como planejar a sua redação
Aprenda a escrever uma Redação Nota Dez

Receba nosso conteúdo em seu e-mail:

Todo concurseiro ou vestibulando possui um ponto comum de ansiedade com relação à redação: as ideias vão fluir dentro de um tempo tão curto no momento da prova? Questão realmente bastante tensa! Mas, sorria!, tem uma solução: o planejamento textual. Neste artigo, vou te ensinar como planejar a sua redação, desde a leitura até o ponto final na folha definitiva.

Primeiro passo: saber ler

Você se considera um bom leitor? O que você tem lido? Agora vem a pergunta mais importante: Como você tem lido? E eu digo “mais importante” porque é primordial saber ler. Pegar uma revista ou abrir um site e simplesmente ler não fará você guardar as informações importantes das quais poderá precisar.

Então, tome nota! Para ler bem, você precisará ler todo o texto e responder para si mesmo:

– do que este texto trata?
– quais informações chamaram mais a minha atenção?
– o que eu usaria como argumentos para fortalecer a minha opinião sobre este tema?
– com o que eu não concordo ou o que levantou dúvidas e eu poderia utilizar como argumento refutável?
– o que este texto apontou como soluções para a problemática do tema (para o caso de o texto apresentar um problema)?
– eu concordo com essas soluções? Se não, por quê? (Repare que a resposta para este “por quê?” pode ser um novo argumento)

Dito isso, agora tenho mais uma dica:

– separe um caderno (ou fichas de anotações) e utilize-o para escrever as respostas das perguntas acima ou simplesmente anotar o tema, os argumentos e as soluções apontadas pelo texto. Isso ajudará você a fixar as informações lidas, além de manter um repositório de argumentos e temas para consulta no momento da escrita ou mesmo na revisão para a prova. Você pode também fazer anotações por tema, em vez de por texto. Ex.: você quer estudar sobre o aborto do Brasil. Então, você abrirá este tópico em seu caderno ou ficha e anotará ali o que você julgar interessante nos textos que for lendo. E fará o mesmo procedimento com quantos temas você quiser.

Segundo passo: planejar com base no que foi lido (ou no que você sabe sobre o assunto)

Após a leitura de um texto ou mais, você dará início ao seu planejamento textual, que consiste no que chamo de esqueleto (já falei sobre isso algumas vezes aqui no blog). O esqueleto nada mais é do que organizar, de maneira ilustrada, a linha de raciocínio que será tomada na construção da sua redação.

Abaixo, trago como exemplo um esqueleto construído após a leitura deste texto (clique para baixar) sobre Mobilidade Urbana. Sugiro que primeiro você baixe o arquivo para, em seguida, observar o esqueleto (mapa mental) abaixo.

Note que, no esqueleto acima, eu utilizei as informações que extraí de apenas um texto e decidi treinar a minha escrita com base nessas informações. É um bom exercício textual para quem não sabe nada sobre um tema e ainda não tem muita ideia de como construir a redação. Essa atividade de extrair as ideias de um texto, como se fizesse um esquema dele, dá uma grande noção de como um texto é pensado. E, assim, fica mais fácil se utilizar do processo inverso (fazer o esqueleto de um texto já escrito) para compreender como desenvolver o esqueleto do seu próprio texto, com outros temas.

Por fim, acho que você já percebeu que fazer o esqueleto do seu texto nada mais é que planejar.

Terceiro passo: escrever um parágrafo argumentativo

Este passo é ótimo para quem não sabe como escrever tantas linhas acerca de um tema que não domina. Logo, basta escrever um parágrafo argumentativo. Ou seja, será o seu texto (ainda resumido) em apenas um parágrafo, tomando o esqueleto como base para a construção.

Abaixo, veja como ficou o parágrafo argumentativo do esqueleto que apresentei acima.

Hoje, no Brasil, a falta de mobilidade urbana vem se tornando um problema frequente para a população. A não fluidez das vias públicas provém da falta de planejamento e da prioridade dada aos automóveis. A falta de planejamento de transporte gera um serviço caro, além de ineficiente. De igual maneira, o grande número de carros em circulação afeta a qualidade de vida da sociedade, uma vez que incita a poluição, eleva o tempo gasto no trânsito e faz crescer o índice de acidentes. Para que esse problema seja solucionado, é preciso que o governo melhore a qualidade do transporte público, restrinja o uso excessivo de automóveis e integre os diferentes sistemas de locomoção.

Gostou? Agora, com base nas leituras feitas sobre o tema, você irá enxertar os seus argumentos (uma boa dica é ir perguntando mais ao seu próprio texto. Ex.: por que a falta de planejamento de transporte gera um serviço caro?). E, claro, estruturará a sua redação dividindo as ideias em seus devidos parágrafos. No caso do resumo acima, o próprio texto indica que a redação definitiva contará com 4 parágrafos:

  • primeiro parágrafo: introdução
  • segundo parágrafo (D1): argumentos sobre a falta de planejamento de transporte
  • terceiro parágrafo (D2): argumentos sobre a prioridade dada aos automóveis
  • quarto parágrafo: conclusão com base nas soluções contidas no esqueleto

Vale ainda ressaltar aqui que os argumentos de D1 e D2 são complementares, visto que o segundo adiciona um novo argumento. Ou seja, não há argumentos contrários. Logo, uma dica: o D2 pode começar com conectivos (coesão) como: “De igual maneira”, “Além disso”, “Destaca-se ainda” etc.

Espero que você tenha gostado e que essas dicas tragam acréscimos aos seus estudos! E lembre-se: aprender a planejar é aprender a reduzir o tempo de escrita no momento da prova. Iniciar o seu rascunho com o seu texto já planejado reduz o tempo que você passará para escrever toda a sua redação. Esta dica exige um preparo bem anterior à prova. Mas o conhecimento sobre o planejamento será levado para a vida inteira.

Leia também: A elaboração do texto dissertativo
Leia também: 10 passos para uma redação nota dez

Grande abraço,
Ena Lélis e Equipe Redação Nota Dez

Olá!

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

22 Replies to “Como planejar a sua redação”

Sandra

Nossa muito boa as dicas de redação,gostei e me

Sandra

Nossa muito boa as dicas de redação,gostei e me

Sandra

Nossa muito boa as dicas de redação, gostei muito e trouxe-me um ótimo aprendizado. Parabéns professora…vou continuar visitando sua página pois desejo aprender mais sobre redação.

Sandra

Nossa muito boa as dicas de redação, gostei muito e trouxe-me um ótimo aprendizado. Parabéns professora…vou continuar visitando sua página pois desejo aprender mais sobre redação.

Ena Lélis

Sandra, continua nos visitando sim! É sempre um prazer saber que tem gente do outro lado crescendo com nossos posts.
Grande abraço!

Ena Lélis

Sandra, continua nos visitando sim! É sempre um prazer saber que tem gente do outro lado crescendo com nossos posts.
Grande abraço!

Martina

Ola, sempre é bom relembrar e reler as suas orientações pra’ticas. Sao muito u’teis pra que a redação seja impeca’vel!

Martina

Ola, sempre é bom relembrar e reler as suas orientações pra’ticas. Sao muito u’teis pra que a redação seja impeca’vel!

Junior

Excelente post, diante mão parece cansativo e improdutivo, mas ao planejar ao invés de perder tempo, ganha-se, pois as ideias transbordam e para redigir fica muito fácil.

Junior

Excelente post, diante mão parece cansativo e improdutivo, mas ao planejar ao invés de perder tempo, ganha-se, pois as ideias transbordam e para redigir fica muito fácil.

Ena Lélis

Isso mesmo, Martina! Fico feliz em ver seus comentários aqui no blog! 🙂
Grande beijo,
Ena

Ena Lélis

Isso mesmo, Martina! Fico feliz em ver seus comentários aqui no blog! 🙂
Grande beijo,
Ena

Ena Lélis

Isso mesmo, Júnior! Você disse tudo! 🙂
Grande abraço!

Ena Lélis

Isso mesmo, Júnior! Você disse tudo! 🙂
Grande abraço!

Armando Lui

Muito bom!
Sinto que, com a prática do planejamento, até a ansiedade diminui.
Parabéns Ena!
O Redação Nota Dez é sinônimo de qualidade.

Ena Lélis

Armando! 🙂 Que bom te ler!
Muito obrigada pelo carinho tão constante.
Grande abraço!

Graci Bispo da Encarnação

Acredito que estou trilhando o caminho certo! Estou feliz! Obrigada!

Graci Bispo da Encarnação

Acredito que estou trilhando o caminho certo! Estou feliz! Obrigada!

Graci

Um dia chego lá…Estou praticando…Grata!

Graci

Um dia chego lá…Estou praticando…Grata!

Gustavo Barreto

Muito obrigado Ena pela atenção e pelo carinho de sempre! Já vou colocar em prática.

Ena Lélis

Maravilha, Gustavo! Conte comigo! 🙂